fbpx

Profissões do futuro: 4 áreas de trabalho em alta para você ficar de olho

Saiba como as profissões do futuro podem impactar a sua vida profissional!

Com as rápidas mudanças que a sociedade teve nos últimos anos, principalmente por conta da tecnologia, o mercado de trabalho também passou por algumas transformações. Isso faz com que conhecer as profissões do futuro seja uma estratégia importante para o planejamento da carreira.

Afinal, com novas descobertas, técnicas e práticas, algumas profissões se tornam cada vez mais obsoletas. Ao mesmo tempo, outras áreas de atuação se destacam por conta da compatibilidade com o contexto e pela contribuição que têm com o desenvolvimento da sociedade atual.

É sobre isso que vamos falar neste post. Acompanhe o artigo e conheça algumas áreas que você pode ficar de olho para construir uma carreira de sucesso!

Por que é importante acompanhar as áreas em alta?

Manter-se por dentro do que está acontecendo no mundo, no país, no mercado de trabalho e na área de atuação, para algumas pessoas, pode ser muita coisa para acompanhar. No entanto, é importante, vez ou outra, checar as novidades e conferir o que está mudando.

Essa é uma atitude importante para estar um passo à frente e não ter muitas surpresas negativas na vida profissional. Além disso, ajuda a ter atitudes visionárias, que podem encaminhar você para o sucesso esperado na carreira.

Ainda não se convenceu de que acompanhar as áreas em alta no mercado é um ponto importante para o desenvolvimento profissional? Então, veja alguns motivos que podem inspirar você!

Planejamento para o futuro profissional

É importante ter em mente que nenhuma carreira é construída do dia para a noite. O processo envolve uma série de escolhas estratégicas para alcançar os objetivos que você traçou anteriormente.

É por isso que contar com um bom planejamento faz toda a diferença na realização pessoal e na satisfação com o seu trabalho. No entanto, para que isso aconteça, é preciso saber como está o contexto em que você atua.

Ou seja, conhecer os mercados que estão em crescimento é um elemento importante para o seu planejamento. A partir disso, é possível identificar as áreas que não apresentaram respostas positivas diante dos fatores que alteram a economia, o desenvolvimento social e as demais interações da sociedade.

Com isso, é possível traçar estratégias para se sair bem em diferentes contextos e traçar planos B, C e por aí vai, para garantir que você encontre os melhores caminhos profissionais.

Atualização profissional

Infelizmente, só a graduação não vai necessariamente garantir que você tenha emprego para o resto da vida. É importante se manter como um profissional atualizado para ter acesso a melhores oportunidades no mercado e alcançar benefícios na carreira.

Ao acompanhar as tendências, é possível tomar melhores decisões para ir em busca desse tipo de atualização. Afinal, você pode identificar com mais facilidade quais são os conhecimentos e as habilidades que o mercado do futuro procura.

Assim, você se apresenta como o profissional ideal para ocupar os mais variados cargos, dentro da sua área de atuação, sem muito esforço. Um curso livre ou uma pós-graduação podem complementar o que você já aprendeu e oferecer um diferencial competitivo valioso.

Tomar decisões estratégicas

Até para procurar uma promoção do trabalho ou dar início a novos projetos é importante encontrar o timing perfeito. Para isso, é necessário conhecer o contexto em que você está se inserindo.

Acompanhar as tendências do mercado oferece as informações necessárias para influenciar a sua tomada de decisão. Ao ter novas perspectivas das áreas que estão em alta, suas escolhas podem se tornar mais estratégicas, a ponto de conduzirem a sua vida profissional por um caminho promissor.

Mudança de carreira

Vamos supor que você fez uma graduação com a qual, atualmente, não se identifica muito. Ou, então, que as mudanças que ocorreram ao longo da sua vida fizeram com que os seus olhos brilhassem para novas áreas de trabalho.

Esses são apenas alguns exemplos de fatores que podem despertar o interesse na transição de carreira. Para esse processo, o planejamento estratégico também se mostra como uma solução valiosa.

Saber o que está em alta vai ajudar a escolher áreas de transição que acompanham a evolução do mercado. Com isso, as chances de começar em um novo segmento com potencial de crescimento só tendem a aumentar.

Como a tecnologia impacta o mercado de trabalho?

É praticamente impossível negar a contribuição da tecnologia para o desenvolvimento do mercado. Nas últimas décadas, foram várias as profissões que surgiram graças aos novos aparatos tecnológicos e as necessidades que apareceram com as mudanças no estilo de vida da maioria das pessoas.

Isso tudo diz respeito à era em que estamos vivendo: a transformação digital. Desde o início do século, a sociedade entrou em uma nova Revolução Industrial, a chamada Indústria 4.0, que conta com o uso de dispositivos eletrônicos e a internet como os principais mecanismos para promover mudanças.

A partir disso, diversas inovações surgiram e outras se tornaram mais acessíveis. Um simples exemplo disso é a possibilidade de ter um computador em casa, algo que não era uma realidade para a maioria das pessoas a cerca de 40 anos atrás.

Por meio dessa grande mudança que ocorreu em menos de metade de um século, novos modelos de trabalho foram possíveis, como é o caso do home office. Diante disso, é claro, várias profissões passaram por alterações.

Algumas áreas demandaram menos profissionais em atuação, por conta da digitalização e da automatização de processos. Um exemplo disso é a Contabilidade, que conta com sistemas automatizados fazendo boa parte das atividades.

Outras, por sua vez, cresceram com força, como é o caso da Segurança da Informação e da Engenharia de Software. Isso porque com mais pessoas usando os meios digitais, surge também a demanda de profissionais para o desenvolvimento e a manutenção desses sistemas.

Quais as áreas que estão em alta no mercado?

Já é de se esperar que muitas das profissões em alta tenham a ver com a digitalização. No entanto, é importante saber que nem todas trabalham diretamente no desenvolvimento tecnológico. Várias delas apenas aproveitam o melhor da inovação para obter melhores resultados.

Isso significa que, independentemente da área de atuação escolhida, ter afinidade com a tecnologia pode abrir portas para o seu futuro profissional. Ao mesmo tempo, seguir em um nicho em alta também é favorável para o sucesso na carreira.

Sendo assim, conheça as 4 principais áreas em alta no mercado que contam com diversas profissões que soam como promissoras no futuro!

1. TI

O setor da Tecnologia da Informação (TI) é recheado de oportunidades interessantes para quem deseja investir em uma carreira promissora. Afinal, é de se esperar que o desenvolvimento tecnológico só cresça ao longo do tempo, a fim de criar inovações que proporcionam ainda mais praticidade e revoluções no nosso dia a dia.

A Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) fez uma pesquisa interessante recentemente e trouxe dados que vale a pena conhecer, principalmente se você tem vontade de seguir no ramo da TI.

De acordo com as estimativas da Brasscom, até o ano de 2024, serão necessários cerca de 420 mil profissionais trabalhando no mercado. Por outro lado, sabe quantas pessoas se formam em graduações dessa área? Cerca de 46 mil por ano no Brasil.

Em outras palavras, no mercado da tecnologia têm mais oportunidades de emprego do que profissionais qualificados para preenchê-las no momento. Esse por si só é um atrativo interessante para esse mercado.

Vale destacar também os salários elevados, que podem ultrapassar os R$ 20.000,00, a depender do cargo ocupado. A praticidade também é uma vantagem, tendo em vista que diversas vagas permitem o trabalho no regime home office, o que ajuda a quebrar limitações geográficas e trabalhar para empresas dos mais variados locais.

Dentre as profissões de TI que apresentam boas perspectivas, é possível citar:

analista de Big Data e/ou Machine Learning;

  • desenvolvedor de software;
  • UX ou UI designer;
  • segurança da informação;
  • cientista de dados;
  • Data Protection Officer (DPO).

Cursos

Vale destacar que existe uma grande variedade de cursos superiores que você pode fazer para seguir alguma dessas profissões. Desde bacharelados até graduações tecnológicas, é possível aprender o que você precisa para se desenvolver em alguma área de sucesso em TI, como:

Outra possibilidade, tanto para quem já segue nessa carreira quanto para as pessoas que não têm um diploma na área de TI, é fazer uma pós-graduação para se especializar em alguma dessas áreas que estão em alta. Para dar início a esse tipo de curso, é importante ter concluído o Ensino Superior.

2. RH

Mas e para quem tem mais a ver com o campo das Humanas, também existem opções? É claro que sim! As oportunidades são ainda maiores se você tem afinidade com as atuações em Recursos Humanos.

O RH de uma empresa é o setor responsável por fazer o intermédio entre a gestão e os colaboradores. Dessa maneira, tudo o que tem a ver com as equipes de profissionais passa pelo departamento de Recursos Humanos, como:

recrutamento e seleção;

  • gestão de benefícios;
  • avaliação de desempenho;
  • treinamento;
  • gestão de talentos.

Sabe o home office que tanto falamos aqui? A pandemia acelerou essa tendência e fez com que se tornasse um dos modelos de trabalho mais procurados na atualidade. Tanto é que o trabalho remoto ou, pelo menos, híbrido, é um dos mais pesquisados para o futuro. Essa é uma das principais responsabilidades do setor de RH.

A aplicação de tecnologia na gestão de Recursos Humanos também faz parte das perspectivas para o setor. Gamificação, Inclusão e Diversidade, People Analytics (PA), Inteligência Artificial (IA) e softwares de integração fazem parte do futuro do RH e conhecer o básico sobre o uso dessas técnicas pode ajudar.

Além disso, ter uma graduação em Gestão de Recursos Humanos, Administração ou Psicologia é fundamental para dar início a essa carreira. Com isso, é possível unir os conhecimentos teóricos e práticos para promover esse setor e aproveitar os salários que podem ultrapassar os R$ 50.000,00.

3. Vendas e Marketing

Provavelmente você não teria chegado até este artigo sem alguma estratégia de Marketing. A promoção de marcas faz parte do nosso dia a dia e é praticamente impossível passar algum tempo na internet sem se deparar com algum anúncio.

Esses são os frutos de uma grande área em desenvolvimento: o Marketing Digital. Esse é o futuro para as empresas que querem aumentar a produtividade das vendas e alcançar um público cada vez maior.

Após o boom do Marketing Digital, também muito influenciado pelo aumento do uso da tecnologia e das redes sociais, os negócios precisaram se adaptar para essas práticas, a fim de manter a competitividade no mercado. É por isso que essa carreira também tem boas perspectivas para o futuro.

Para quem tem facilidade com relações interpessoais e gostaria de estudar melhor o comportamento humano, os setores das Vendas e de Marketing são ótimas escolhas de carreira. Afinal, é possível colocar em prática suas habilidades e ter contato com diversas pessoas. Sem contar que os salários que podem chegar a R$ 20.000,00 também são atraentes.

Se você não sabe qual curso fazer para trabalhar nessa área, o tecnólogo em Marketing pode dar a preparação que você precisa, a nível superior, para alavancar a carreira. Com ele, é possível aprender as técnicas mais modernas de como garantir uma boa reputação de uma marca e de melhorar o relacionamento com o público.

4. Engenharia

A Engenharia é naturalmente uma área dedicada à inovação. Sendo assim, sempre esteve entre as profissões do futuro, tendo em vista que é possível investir em novas ideias para ir em busca de criações incríveis a qualquer momento.

É por isso que essa carreira chama tanto a atenção de pessoas criativas. Além disso, afinidade com temas relacionados às Exatas, como a Física e a Matemática, fazem toda a diferença para aproveitar ao máximo a graduação.

Falando nisso, para seguir na Engenharia, é importante realizar um bacharelado com duração de cerca de 5 anos. A escolha do curso vai depender muito do que você gosta de estudar e pretende trabalhar. No entanto, vale a pena saber que as áreas mais em alta são:

  • Engenharia de Petróleo;
  • Engenharia de Automação;
  • Engenharia de Produção;
  • Engenharia da Computação;
  • Engenharia Agronômica.

Empresas (dos mais variados portes), indústrias, institutos de pesquisa: são vários os espaços em que um engenheiro pode atuar. Vale destacar também que a Engenharia é uma das profissões mais bem pagas e pode garantir um retorno financeiro mensal a partir de 6 salários mínimos, assegurados pela Lei n° 4.950-A/66.

Como a escolha da instituição de ensino influencia na sua vida profissional?

Assim como é importante saber como escolher o curso superior, a decisão de onde estudar também influencia no seu sucesso profissional. Afinal, é a instituição de ensino que vai garantir o acesso a conteúdos de qualidade para a sua formação.

É por esse motivo que vale a pena contar com quem entende do assunto. Procurar por uma instituição de ensino tradicional vai oferecer a você toda a segurança e os recursos que você precisa para se formar como um profissional preparado para encarar o mercado do futuro.

Como você viu, a preparação é a palavra-chave para seguir em qualquer uma das profissões do futuro. Com isso, é possível desenvolver habilidades técnicas e conhecimentos teóricos para se destacar e ter melhores oportunidades no mercado.

Quer saber como dar um passo para um futuro promissor? Conte com a FABAD para a sua formação e potencialize as chances de ter uma carreira de sucesso. Conheça melhor a instituição!

Compartilhe com seus amigos
Pular para o conteúdo