fbpx

Networking: 10 dicas para fazer e ter sucesso na carreira

Quer ter o apoio de ótimos profissionais na carreira? Veja como montar o seu networking!

Você já parou para pensar na influência do networking na sua vida profissional? Para quem busca uma carreira de sucesso, ter uma rede de contatos pode fazer uma enorme diferença para potencializar os resultados.

Para entender melhor a importância do networking na vida de qualquer profissional, é fundamental levar em consideração que somos uma espécie altamente sociável. Dessa forma, desde os primórdios, estabelecemos vínculos com outras pessoas para alcançar objetivos e ter satisfação pessoal.

Na área profissional não poderia ser diferente. Neste post, entenda melhor o que é o networking e confira 10 dicas que vão ajudar a construir uma boa rede de contatos.

O que é networking?

Network”, em inglês, significa “rede”. No Brasil, o termo “networking” se popularizou no segmento de gestão de carreiras como sinônimo de uma rede de contatos profissionais.

Em outras palavras, trata-se de um nicho social criado em torno da carreira de uma pessoa. Com profissionais que se comprometem com contribuições mútuas para o desenvolvimento das oportunidades de crescimento no trabalho, é possível garantir que todos tenham ainda mais chances de alcançar ótimos resultados na carreira.

Qual a importância do networking?

Indicações, parcerias, sociedades, aprendizados, experiências: tudo isso é possível conseguir ao estabelecer um bom networking. Afinal, cada pessoa pode ajudar com aquilo que está à disposição para acrescentar na sua carreira, da mesma maneira que você pode se dispor a auxiliar seus colegas.

Além disso, é importante levar em consideração que o networking é uma ótima fonte de motivação. Ao conhecer novas pessoas, histórias e vivências, é possível se inspirar e ter uma postura mais ativa no desenvolvimento da própria carreira.

Vale ressaltar a importância que o networking exerce na atuação profissional. Por meio do contato com pessoas que atuam no mesmo segmento que você, é possível ter acesso a notícias e novidades da área, assim como acompanhar eventos, congressos e demais atividades que acontecem periodicamente.

Dessa maneira, o diferencial de contar com uma rede de contatos profissionais é que as oportunidades de sucesso no que diz respeito ao trabalho só tendem a aumentar. Isso vale para todas as áreas de atuação, assim como os benefícios podem ser aproveitados por quem deseja ser autônomo, está em busca de emprego ou procura uma promoção.

Quais são os principais erros ao fazer networking?

Antes de conferir as nossas dicas de como construir uma rede de contatos profissionais sólida ao longo da vida, é necessário também saber o que não fazer. Dessa forma, é possível estabelecer bons objetivos e trabalhar em torno deles da melhor maneira.

A seguir, veja alguns exemplos de atitudes que podem comprometer o vínculo com outros profissionais.

Egocentrismo

Manter o foco em você só é importante na hora de definir os seus objetivos de carreira. Fora isso, é necessário observar as necessidades e as potencialidades de outras pessoas. Afinal, ninguém gosta de se relacionar com quem só fala e pensa nos próprios propósitos.

Tenha em mente que quando você busca estabelecer o contato com um profissional, na verdade, está criando uma relação. Por esse motivo, é necessário que haja espaço de troca, para que ambas as partes se sintam confortáveis. Esse é um passo fundamental para criar conexões saudáveis.

Esquecer o nome dos contatos

Do mesmo modo que o egocentrismo é negativo, a indiferença também não vai acrescentar em nada na construção de uma boa rede de contatos. Esse tipo de atitude fica ainda mais evidente quando você demonstra que não lembra o nome dos profissionais que compõem o seu networking.

Esse é um exemplo de descaso que pode ferir os sentimentos e o ego das outras pessoas. Por conta disso, pode provocar afastamento, descredibilidade e até mesmo conflitos com os seus contatos.

Sendo assim, é fundamental evitar esse tipo de desconforto. Caso você não se lembre mesmo do nome de um colega, tente ao máximo não transparecer e assim que tiver a oportunidade, busque uma informação que ajude a se recordar.

Não alinhar expectativas nas relações

Criar expectativas é muito importante, principalmente para a motivação. No entanto, para evitar frustrações, é preciso que elas estejam alinhadas ao tipo de relação que você estabelece com os seus contatos.

Imagine o quão desconfortável deve ser esperar uma indicação de um colega, mas descobrir que ele deu esse crédito a outra pessoa. Esse é só um exemplo leve de como expectativas não alinhadas podem causar o efeito rebote e trazer uma maior desmotivação.

Por isso, é aconselhável se abrir para estabelecer vínculos saudáveis e que podem ajudar a alcançar os seus objetivos profissionais. No entanto, é necessário também manter os pés no chão e buscar ter uma visão realista de toda a situação.

Deixar de lado os contatos antigos

Até mesmo aquela pessoa que você estudou no Ensino Fundamental pode fazer parte do seu futuro profissional. É interessante ter em mente que os contatos novos podem complementar os antigos, e não eliminá-los.

É por isso que vale a pena também dar atenção para as pessoas que você já conhece há mais tempo. Evitar negligenciar qualquer relação com potencial para crescimento é um ótimo passo para ter um networking cada vez mais saudável e sólido.

Como fazer networking com 10 dicas essenciais?

Agora, sim, chegou a hora de conhecer alguns passos que ajudam a criar um networking de sucesso e alavancar os resultados na sua carreira. Veja só as nossas dicas!

1. Tenha objetivos claros

Lembre-se de que o networking é útil para alcançar os seus objetivos profissionais com mais facilidade e segurança. Entretanto, para que isso seja possível, é necessário que você tenha em mente onde deseja chegar.

Por esse motivo, quanto mais claros forem os seus objetivos na carreira, maiores as chances de traçar o caminho desejado e, principalmente, chegar ao destino dos sonhos.

Além disso, pessoas que são bem esclarecidas quanto aos seus objetivos e metas profissionais conseguem transparecer com mais facilidade onde querem chegar. Isso ajuda a alinhar as expectativas nas relações profissionais e a encontrar o apoio de diversas pessoas ao longo da trajetória.

2. Participe de feiras e eventos

É necessário também saber onde encontrar esses indivíduos que podem fazer parte da sua rede de contatos. Afinal, nem sempre uma pessoa estará disposta a criar uma relação de parceria no campo profissional.

Uma estratégia é estar presente nos mesmos locais que os profissionais com os mesmos interesses que você. Dessa maneira, é possível se deparar com pessoas com objetivos em comum e que também estão em busca de expandir o networking.

As feiras e os eventos realizados na sua área de atuação são ótimas opções. Afinal, por meio deles, é possível ter contato com palestrantes, ouvintes, organizadores e demais profissionais que podem agregar na sua carreira. Tirar dúvidas, conversar, trocar experiências: tudo isso ajuda a construir vínculos e fortalecer sua rede.

3. Faça uso das mídias digitais

O espaço virtual pode até dar a impressão de que causa o afastamento das pessoas. No entanto, se bem aproveitado, é capaz de aproximar mais do que você imagina. Vale destacar também que uma das vantagens da internet é que não há limitações geográficas. 

Desse modo, é possível se comunicar com profissionais espalhados pelos mais variados lugares do mundo — o que seria muito complicado de forma presencial.

As redes sociais são exemplos de mídias digitais excelentes para quem busca fortalecer o networking. Para aproveitá-las ao máximo, é uma boa ideia ter um perfil profissional e destacar as suas principais qualidades, formações e interesses de carreira.

Inclusive, vale a pena dar uma atenção maior para o LinkedIn. Com mais de 850 milhões de usuários ao redor do mundo, e mais de 50 milhões de brasileiros com cadastro na plataforma, essa é uma mídia que teve um ótimo crescimento nos últimos anos, por proporcionar um espaço de troca entre diferentes profissionais.

Com uma dinâmica que cria literalmente redes de conexões, o LinkedIn se destaca no meio digital com uma excelente maneira de fortalecer o seu networking e encontrar ótimas oportunidades profissionais.

4. Busque pontos em comum

Para aumentar o vínculo com os contatos, é interessante encontrar pontos em comum. Interesses, formações, ideias, entre vários outros fatores podem ser compartilhados, e um bom diálogo ajuda a percebê-los.

A partir dessa identificação, o relacionamento pode se estreitar e se tornar uma grande parceria profissional. Por essa razão, ao tentar estabelecer um novo contato, faça o possível para encontrar pontos compartilhados, a fim de se aproximar com mais facilidade das pessoas.

5. Crie uma rede variada

É importante saber também que não são apenas os profissionais que atuam na mesma área que você que podem oferecer boas oportunidades na sua carreira e vice-versa. Na realidade, é possível ter uma contribuição mútua entre pessoas de diferentes formações e nichos.

Suponha que você é um profissional da Engenharia Civil e está abrindo o próprio negócio. Ter um advogado ou um contador no seu networking, por exemplo, pode ser de grande ajuda para acertar nos processos e construir uma empresa bem consolidada no mercado.

Esse é só um exemplo de como uma rede de contatos variada é capaz de fornecer ótimas oportunidades. Além disso, é sempre uma possibilidade de aprender sobre novos assuntos e expandir os seus conhecimentos, um fator muito importante também para o desenvolvimento profissional.

6. Saiba diferenciar amigos de colegas de profissão

Muito se fala da importância de formar uma relação de confiança ao construir um networking, mas é importante também saber diferenciar o profissional do pessoal. Já que um colega de trabalho não vai ser necessariamente um amigo, apesar de estar disposto a ajudar no que diz respeito ao campo da carreira.

Ter em mente essa diferença ajuda a selecionar os assuntos para conversar, alinhar expectativas, construir uma parceria profissional e evitar que problemas pessoais interfiram no seu networking.

O mesmo vale para o contrário: as relações de amizades, por mais que sejam de forma que componham, precisam ser bem avaliadas, caso tenha algum envolvimento profissional. Atingir essa maturidade nos relacionamentos vai ajudar a se livrar de frustrações e de possíveis problemas de expectativas desalinhadas.

7. Disponha-se a ajudar

Mais uma vez, é necessário ressaltar a importância de se mostrar à disposição para as pessoas que você deseja que estejam disponíveis para auxiliar no seu crescimento profissional. Somente assim é possível estabelecer uma rede de contatos saudável.

Então, da mesma maneira que você está se desenvolvendo, seus colegas também estão trilhando um caminho profissional e podem precisar de ajuda. Mostrar que está aqui para colaborar com o que estiver ao seu alcance é uma atitude nobre e que pode trazer ótimos retornos no futuro.

8. Mantenha frequência com os contatos mais importantes

Apesar de não ter caráter pessoal, vale lembrar que o networking é um tipo de relação. Por esse motivo, a frequência com que se mantém contato com os colegas também é importante. Afinal, isso faz com que o seu nome esteja sempre na mente dessas pessoas, principalmente quando surgirem oportunidades ou a necessidade de ajuda.

Para isso, é preciso manter a comunicação com os seus contatos, principalmente aqueles que você deseja ter mais perto. Essa é uma maneira de não deixar a conexão se quebrar e de continuar se atualizando sobre as novidades da vida profissional desses indivíduos.

A frequência no contato também ajuda a descobrir ou falar sobre um curso novo, uma vaga de emprego disponível, uma oportunidade de se aprofundar em um tema, entre várias outras informações. Por isso, não deixe de mandar mensagens de vez em quando ou de fazer reuniões para compartilhar novidades sobre o mercado de trabalho.

9. Atualize a sua lista de contatos

Assim como na sua vida pessoal, as pessoas vêm e vão. Algumas podem permanecer por mais tempo e compartilhar ótimas experiências. Com outras, você pode ter a oportunidade de trocar contribuições, mas de maneira rápida.

O importante é que você mantenha essa lista de contatos atualizada. Assim, sabe com quem ainda pode contar e com quem já não é interessante falar no momento. É assim que se torna possível definir com mais facilidade quem é prioridade da sua rede e tem conexões mais fortes.

Vale destacar também outro ponto relevante: sempre que encerrar um contato ou se afastar, é importante fazer isso da forma mais amistosa possível. Afinal, nunca é possível prever quais portas serão abertas no futuro e quais pessoas podem voltar a se tornarem mais próximas da sua rede daqui a um tempo.

10. Faça uma pós-graduação

Os mais diferentes cursos, como os de graduação, extensão, livres e de especialização, podem ajudar a conhecer novas pessoas. Professores, colegas e pessoas que trabalham na instituição podem fazer parte da sua rede de contatos profissionais e ajudar a expandir o networking.

No entanto, durante uma pós-graduação, as oportunidades são ainda mais interessantes. Afinal, você tem a possibilidade de conhecer pessoas com os mesmos interesses e perspectivas parecidas com as que você tem.

Tendo em vista que ter pontos em comum ajuda a estreitar as relações, ao longo de uma pós, é possível conhecer pessoas que têm um grande potencial de se tornarem seus contatos mais próximos.

Entendeu melhor o impacto que o networking pode ter na sua vida profissional? É por esse motivo que quanto mais você trabalhar em ter uma rede de contatos sólida ao longo da carreira, melhores são as oportunidades que podem surgir pelo seu caminho. Sendo assim, vale a pena colocar essas dicas em prática e construir ótimas conexões.

Este post foi útil para você? Então, comece agora a dar o primeiro passo. Conheça os nossos cursos de pós-graduação e veja como expandir a sua rede de contatos!

Compartilhe com seus amigos
Pular para o conteúdo