fbpx

Aprenda a definir metas profissionais para ter sucesso no trabalho

Não é difícil encontrar pessoas que estão se questionando sobre como anda a carreira que têm e as coisas que gostariam de realizar. Muitas vezes, você mesmo é uma delas. Afinal, há o desejo de mudar, ter uma boa colocação no mercado, ser reconhecido na área escolhida e conquistar realização pessoal e profissional. Justamente por isso, tanta gente se questiona como definir e colocar em prática as metas profissionais.

Pensando nisso, trouxe um post que se aprofunda nesse tema e explica como você pode começar a planejar as suas próprias metas. Continue lendo e saiba mais!

Qual é a importância de estabelecer metas profissionais?

Ter metas profissionais é algo indispensável para atingir seus objetivos de carreira. Isso porque elas funcionam como etapas sequenciais que lhe direcionam para eles. Ou seja, elas são seguidas e, uma vez concluídas positivamente, você fica mais perto de se aproximar do seu foco de vida.

Trazendo um exemplo prático, imagine que você pretende se tornar um diretor de marketing em uma grande empresa, um local que é referência em todo o território nacional. Logo, esse é o seu objetivo.

Porém, qual caminho você vai trilhar até alcançá-lo? Que estratégias vai colocar em prática não só para entrar no mercado, mas ganhar experiência nesse ramo? Como você vai criar contatos que podem gerar oportunidades de parcerias e negócios no marketing? É justamente aí que entra a necessidade de se estabelecer e trabalhar com metas profissionais.

Afinal de contas, elas lhe proporcionam visão de crescimento, lhe dão um propósito a seguir e o estimulam a deixar a zona de conforto para se autodesenvolver. Elas o colocam no caminho certo para crescer e obter novas habilidades, competências, formações e o que mais for necessário para se qualificar e ser um profissional de ponta.

Vale mencionar ainda que esse não é o único cenário em que essas metas serão úteis. Elas também o ajudam quando você quer:

  • fazer uma transição de carreira e recomeçar a sua jornada no mercado de trabalho;
  • conquistar um novo emprego ou uma promoção na companhia;
  • empreender e montar um negócio próprio;
  • seguir o chamado para estudar e se aprofundar na teologia.

Como definir metas profissionais?

Agora que já falei sobre a importância de estabelecer metas profissionais, vou mostrar para você um passo a passo para definir quais são as suas. Acompanhe atentamente para saber por onde começar e quais mudanças adotar na sua vida.

Pratique o autoconhecimento

O primeiro passo envolve a prática do autoconhecimento. É fundamental que você desenvolva um olhar mais aguçado sobre quem você é, quais os seus sonhos, as coisas que quer realizar e as possibilidades que deseja ter no seu futuro. Antes de começar a sua jornada é preciso ouvir a si mesmo. Assim, a sua caminhada será motivada pelo que você deseja, não os outros ou as expectativas e cobranças deles.

Além disso, o autoconhecimento permite que você avalie e identifique quais os seus pontos fracos e pontos fortes. Aqueles aspectos que podem lhe ajudar ou representar pequenos obstáculos que devem ser superados.

Por exemplo, você não tem tempo disponível na rotina para cursar uma graduação presencial em horário comercial. A princípio, isso é um empecilho. Contudo, é possível contorná-lo fazendo uma graduação EAD. Um curso no qual você acompanha as aulas a distância e com flexibilidade na agenda.

Defina objetivos para a sua carreira

A partir do autoconhecimento, você é capaz de definir quais os objetivos quer para a sua carreira a curto, médio e longo prazo. É importante ter em mente que não há um número fixo aqui. Você pode ter apenas um objetivo específico ou mais de dois.

O importante é estabelecê-los e ter uma motivação concreta para alcançá-los, pois isso vai mantê-lo engajado na realização das suas metas profissionais.

Crie um plano de ação

O plano de ação é justamente a organização e a programação das suas metas profissionais. Por exemplo, se o objetivo definido anteriormente é entrar no mercado de logística e trabalhar como gestor em uma transportadora de renome, o que será preciso? Você pode listar etapas como:

  • fazer uma faculdade de Logística;
  • arranjar um ou mais estágios dentro de empresas de transporte;
  • ingressar em programas de trainee após a conclusão do curso;
  • participar de processos seletivos para cargos fixos nessas ou em outras empresas;
  • ser contratado e passar pelo período de experiência de três meses;
  • ter um bom desempenho dentro da organização e obter promoções que me façam subir na hierarquia da companhia (assistente, analista, gestor, etc.).

Invista na sua formação

Por último, mas não menos importante, invista na sua formação. Tenha em mente que, independentemente do seu objetivo de carreira, ela vai ser crucial para você se capacitar e se preparar profissionalmente. A graduação, por exemplo, vai lhe qualificar para uma área do mercado, lhe apresentando o panorama do setor e o ajudando a desenvolver as competências técnicas necessárias para atuar nele.

A pós-graduação, por outro lado, vai lhe tornar um especialista, referência no segmento. Por meio dela, você foca os seus estudos e a sua prática profissional em um eixo de atividades de uma determinada categoria (como a de Psicologia ou a de TI, cursos em parceria com a IDSP).  Isso abre as portas para oportunidades de colocação mais bem remuneradas, com melhores regimes de contratação e mais reconhecidas socialmente.

Já os cursos de extensão são uma excelente oportunidade para você se atualizar, renovar suas habilidades, expandir seu campo de trabalho e praticar networking com colegas de profissão ou de ramos afins.

Como a metodologia SMART pode ajudar nessa tarefa?

A metodologia SMART é uma técnica difundida nos Estados Unidos que consiste em avaliar a qualidade e a viabilidade de uma meta a partir de cinco fatores críticos. Afinal, de nada adianta você traçar metas apenas por fazer.

Quando elas são aleatórias, sem propósito real de mudança, excessivamente prolongadas ou incoerentes com a sua realidade, você só perde tempo. É como andar em círculos, o que só gera frustração e a sensação de carreira estagnada. Portanto, na hora de bater o martelo sobre as suas metas, analise elas conforme os critérios abaixo:

  • Especificidade (Specific): o que são essas metas? Quais os detalhes e particularidades delas? Onde você vai realizá-las? Quais as pessoas e os custos envolvidos?
  • Mensurável (Masurable): como você pode medir os avanços e resultados dessas metas? Qual parâmetro vai usar para avaliar as mudanças e realizações?
  • Alcançável (Attainable): quais os objetivos por trás dessas metas? Colocá-las em prática e realizá-las vai lhe permitir alcançar ou obter o quê exatamente?
  • Relevância (Relevant): qual o impacto que essas metas vão trazer para sua vida pessoal e profissional? Elas realmente vão proporcionar crescimento e desenvolvimento de carreira?
  • Temporal (Timely): em quanto tempo estimado você consegue realizá-las? Dias, semanas, meses, semestres ou anos? Qual o prazo limite para um retorno?

Como você leu, estabelecer metas profissionais não é uma tarefa impossível. Longe disso! Porém, é uma tarefa que demanda esforço, planejamento e ação para ser realizada e permitir uma mudança concreta na sua carreira. Portanto, siga as dicas que apresentei e dê o primeiro passo rumo ao futuro profissional que você deseja!

Gostou do artigo? Então aproveite para seguir a FABAD no YouTube, Linkedin, Instagram e Facebook. Afinal, estou sempre compartilhando conteúdos de desenvolvimento profissional nas redes sociais!

Compartilhe com seus amigos
Pular para o conteúdo