fbpx

Precisa de motivação para estudar? Veja estas dicas!

Você já precisou de motivação para estudar? Entenda por que isso acontece e como é possível resolver esse problema.

Por mais que você goste das aulas e de ir para à faculdade, a rotina pode ser extenuante. Com muitas tarefas a conciliar, é comum não sentir motivação para estudar. Encontrar esse estímulo pode ser difícil, mas é preciso se esforçar para alcançar seus objetivos. 

Então, ter o foco no longo prazo é o primeiro ponto relevante a considerar. Ainda existem outras dicas que ajudam a se motivar para os estudos. A seguir, vamos mostrar quais são eles. Continue lendo e veja mais!

Os motivos para se desmotivar para os estudos

Como falamos anteriormente, por mais que você tenha seus objetivos a alcançar, diversas situações contribuem para a perda do foco. Confira os principais motivos: 

Cansaço da rotina

A rotina tende a ser corrida. Muitas pessoas precisam acordar cedo, sair de casa, trabalhar o dia todo e ainda encontrar forças para estudar. Se esse é o seu caso, saiba que é normal se desmotivar para estudar.

Essa situação pode ser aumentada com o cansaço físico e mental. Causado pela dificuldade em saber como conciliar trabalho e estudo, isso gera falta de energia e consequente desmotivação e até esgotamento.

Sonolência

Muitas vezes, as poucas horas de sono tendem a causar sonolência no dia a dia, o que atrapalha os estudos. 

No entanto, a sonolência também pode aparecer devido a desequilíbrios hormonais. Por isso, pode ter uma relação com a saúde. De toda forma, esse fator interfere no aprendizado e na capacidade de absorção do conteúdo.

Distração com o celular ou os objetos do ambiente

Tem pessoas que se desconcentram com facilidade. Isso pode acontecer devido a algum transtorno, como o de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) ou pela própria rotina.

O excesso de dispositivos tecnológicos aumenta esse problema. Isso porque o cérebro fica continuamente “ligado”. Portanto, é mais difícil conseguir se conectar e isso impacta os estudos.

5 dicas para ter motivação para estudar

Se você está sem motivação para os estudos, existem formas de melhorar essa situação. Veja 5 dicas principais para melhorar a sua capacidade de concentração, foco e disciplina.

1. Estabeleça metas

Defina o que você quer fazer e quando. Estabelecer metas é a melhor forma de se motivar e manter o foco. Nesse processo, lembre-se de estipular possibilidades que possam ser alcançadas.

Por exemplo, se você acorda às 5h, é inviável acreditar que conseguirá estudar todos os dias até à meia-noite. O cansaço vai acabar impactando o problema.

Então, pense naquilo que seja possível colocar em prática. Isso ajudará a manter a motivação e a organizar sua rotina de estudo.

2. Entenda seu estilo de aprendizado

Toda pessoa tem um tipo de aprendizado diferente. Compreender essa questão ajuda a ter mais eficiência nos estudos e a absorver melhor os conteúdos.

Assim, você pode descobrir como se dar bem estudando a distância. Por exemplo, talvez prefira falar em voz alta enquanto lê os conteúdos. Também há algumas pessoas que optam por ouvir e outras que precisam escrever. Não existe estilo errado, apenas um mais adequado à sua realidade.

3. Divida os estudos

Separe os conteúdos em unidades menores para aumentar sua motivação. Isso é indicado porque, quando você analisa toda a matéria a estudar, pode ter dificuldades de organização.

Quando você faz a divisão em pequenas partes, consegue verificar o que é prioridade. Além disso, consegue intercalar as matérias para evitar o cansaço mental.

4. Organize um cronograma

Ainda na ideia de dividir os estudos, prepare um cronograma. Ele deve ser feito com base na ordem dos itens a serem estudados. Ainda é válido considerar outros aspectos.

Por exemplo, quanto tempo será destinado para cada disciplina e as datas de provas e trabalhos. Assim, você conseguirá cumprir as suas responsabilidades e se motivar ainda mais.

5. Adote mapas mentais

Se você for uma pessoa visual, os mapas mentais serão grandes aliados. Eles ajudam a organizar as informações e entendê-las de forma mais clara. Por isso, eles tendem a ser mais eficientes do que listas.

A ideia é simples: colocar uma ideia central — que pode ser o seu objetivo ou um tópico de alguma disciplina — e desdobrá-la. Assim, você verá os aspectos principais que estão relacionados e isso ajudará no seu processo de ensino-aprendizagem.

Tenha em mente que a motivação para estudar depende do esforço individual. No entanto, essas 5 dicas permitem que seja mais fácil alcançar esse incentivo. Isso fica ainda mais visível no modelo EaD, que exige mais organização. Dessa forma, você terá um resultado melhor na faculdade.

Então, que tal conferir mais dicas úteis? Descubra 5 maneiras para aprender pela internet de forma eficiente e prática.

Compartilhe com seus amigos
Pular para o conteúdo