fbpx

Empregabilidade: conheça os pilares e fatores que direcionam o mercado de trabalho

Executivos garantindo empregabilidade com um aperto de mãos.

Não importa qual foi o ramo escolhido por você para formação e atuação. Afinal, em todas as categorias profissionais se discute sobre a importância de entender o que é a empregabilidade e, acima de tudo, como desenvolvê-la.

Isso acontece pois está diretamente atrelada à sua experiência de mercado e, consequentemente, ao sucesso da sua carreira.

Por essa razão, é essencial entender o conceito e quais fatores se relacionam, além de tirar suas dúvidas sobre empregabilidade. Acompanhe cada um dos tópicos a seguir para não deixar passar nada!

O que é empregabilidade?

É um termo usado para identificar aqueles profissionais que têm alto potencial para serem selecionados para diferentes oportunidades de trabalho.

Além disso, mesmo diante de situações de crise econômica, reestruturações internas na empresa ou reformulações de equipe, esses profissionais conseguem se manter nas posições que conquistaram.

Afinal, são indivíduos que agregam valor a qualquer negócio, trazendo mudanças concretas e positivas.

Quais os pilares da empregabilidade?

Para você ser um profissional com um bom nível de empregabilidade é preciso se atentar a alguns pilares que são a base do conceito. A seguir, confira quais são eles:

  • adequação vocacional: estar em uma área na qual você sente afinidade e se imagina atuando a longo prazo, por anos ou décadas;
  • competência profissional: ter e desenvolver habilidades sociais, emocionais e técnicas que ajudem na realização das suas funções;
  • relacionamento: formular, desde a faculdade, uma rede de contatos profissionais para ter acesso às melhores seleções de emprego;
  • reserva financeira: construir uma reserva de emergência pensando no futuro, como, em especial, os períodos de transição de carreira;
  • saúde física e mental: estar em um estado equilibrado de bem-estar para se dedicar 100% na sua vida profissional.

Quais os fatores que influenciam na empregabilidade?

Alguns fatores podem afetar positiva e negativamente a empregabilidade de um profissional.

O primeiro deles é o nível de educação que a pessoa tem. Alguém com formação superior e investimento contínuo na realização de cursos de atualização e aperfeiçoamento, por exemplo, terá mais chances na carreira.

Além disso, outro fator é o próprio mercado de trabalho. Isso porque, frequentemente, há ondas de demanda por profissionais que realizam atividades A, B ou C. Algo que acontece em todas as áreas quando uma especialidade começa a se destacar e ganhar espaço. 

Portanto, fazer parte de uma categoria com alta procura é importante para valorizar ainda mais o seu perfil e aumentar suas chances de alocação em diferentes organizações.

A capacidade de inovação e dinamicidade também afetam a empregabilidade, uma vez que são fatores relacionados ao potencial criativo e forma de lidar com problemas no trabalho. 

Ou seja, é algo que pode ser indicativo da sua vontade de crescer, se desafiar e se aprimorar ou de simplesmente estagnar no emprego.

Por que a empregabilidade é tão importante?

A resposta é simples: para quem procura uma colocação profissional, ela traz visibilidade. Por exemplo, as organizações dão atenção ao currículo da pessoa nas seleções e avaliam, entre os nomes indicados para as vagas, qual tem mais empregabilidade.

Dessa forma, em alguns casos, elas até mesmo tomam a dianteira e oferecem diretamente ao indivíduo um convite para entrevista.

Já para quem está dentro de uma companhia, ela promove estabilidade no cargo. Assim, a pessoa só deixa ele se, de fato, quiser. Por exemplo, ao decidir mudar de área ou receber uma proposta para outro local.

Do contrário, em uma situação como a citada, a empresa não demite, optando até mesmo por investir no desenvolvimento do profissional, principalmente no ganho de novas habilidades e competências.

Isso acontece porque as instituições cada vez mais têm como meta a qualidade, não a quantidade. Visando atrair e reter talentos que geram resultados, buscam não apenas funcionários que cumpram com o estipulado no contrato de trabalho, mas colaboradores que farão a diferença.

Como explicado, a empregabilidade é indispensável para quem quer ter chances de crescer no mercado atual. Afinal, ela reforça o seu perfil profissional e aumenta a sua visibilidade entre as empresas.

Assim, vale a pena se aprofundar em fatores que influenciam essa característica e investir em potencializá-los continuamente. Em especial, o seu nível de educação.

Por isso, aproveite para conhecer os cursos de graduação, pós-graduação e extensão da FABAD. Você verá como eles podem alavancar ainda mais a sua empregabilidade!

Compartilhe com seus amigos
Pular para o conteúdo