fbpx

O que é resiliência profissional? Descubra como desenvolvê-la

O que é resiliência profissional? Descubra como desenvolvê-la

A resiliência profissional é uma característica essencial para os profissionais de hoje. Afinal, o avanço da tecnologia, as cobranças por resultados, a competitividade e a globalização promovem constantes mudanças no mercado de trabalho.

Essas transformações trazem consigo mais responsabilidades e desafios aos colaboradores. Nesse sentido, pode gerar mais estresse e desgastes dentro de uma empresa.

Em situações como essa, é preciso manter a calma, ter positividade e saber enfrentar as dificuldades. Ou seja, ser resiliente no ambiente de trabalho. Por ser uma característica fundamental, produzimos este artigo para falar sobre o tema.

Aqui, você vai saber:

  • o que é resiliência profissional;
  • qual a importância da resiliência no trabalho;
  • como desenvolver resiliência profissional.

Você se interessou em entender sobre esse assunto? Então, continue a leitura!

O que é resiliência profissional?

Resiliência profissional é a capacidade que as pessoas têm de enfrentar os desafios dentro de uma empresa. Ou seja, é a habilidade de se manter firme e positivo para conseguir prosperar e superar a pressão no ambiente profissional.

Na física, resiliência é a propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original, após terem sido submetidos a uma deformação elástica. Na área da psicologia, é a capacidade de um indivíduo de se adaptar às mudanças, resistir à pressão e superar obstáculos.

A resiliência profissional é uma das características muito buscadas por profissionais de Recursos Humanos. Nos processos seletivos, eles desejam encontrar uma pessoa que consegue se manter firme, ter sucesso e se superar nas adversidades.

Qual a importância da resiliência no trabalho?

Para quem vai entrar no mercado de trabalho ou já está nele, precisa saber o que é resiliência profissional e sua importância. Veja, a seguir, por que ser resiliente é tão importante.

1. Auxilia a lidar com situações difíceis

As adversidades são muito comuns e constantes no ambiente de trabalho. Por exemplo, um prazo de entrega apertado ou serviços complexos. Nesse cenário, a resiliência passa a ser um diferencial para quem a tem.

Um profissional resiliente consegue focar nos resultados que alcançará, caso ele supere qualquer situação difícil. Dessa forma, ele consegue manter a tranquilidade e o equilíbrio para lidar com qualquer tipo de problema.

2. Ajuda a encarar desafios de forma positiva

Encarar os desafios com positividade é conseguir visualizar as consequências benéficas que virão ao superar momentos difíceis. Aqui, a resiliência profissional atua como uma forma de ver o que se pode absorver com o desafio a ser enfrentado.

Vamos imaginar um cenário de tempo curto para fazer uma entrega. Nesse caso, cumprir esse prazo é uma oportunidade de desenvolver habilidades ágeis de execução.

3. Aumenta a motivação

No mercado de trabalho, a motivação é muito importante. Afinal, em situações desafiadoras, é preciso ter vontade de agir e não desanimar. Nesse caso, a resiliência contribui para que o profissional tenha mais coragem para atuar nas adversidades.

Muitos cenários adversos podem gerar retração e insegurança em muitas pessoas. Entretanto, quando se é resiliente, é possível fazer uma análise mais estratégica do momento para garantir ações com mais chances de sucesso.

Como desenvolver resiliência profissional?

Algumas pessoas já nascem resilientes. Porém, todas podem desenvolver essa característica. A seguir, você verá algumas dicas para isso.

1.  Entenda quais são seus pontos fortes

O primeiro passo para desenvolver a resiliência profissional é fazer um autoconhecimento e descobrir seus pontos fortes. Então, busque em você os seus diferenciais e peça feedbacks a colegas de trabalho, gestores e líderes.

2. Construa relacionamentos profissionais

Criar laços no ambiente de trabalho permite que você construa sua imagem e mostre que está presente. Essa é uma etapa válida para o desenvolvimento da resiliência, pois é preciso mostrar que está pronto para encarar desafios.

3. Pratique atividades que diminuem o estresse

O estresse não contribui em nada no enfrentamento das adversidades. Ele contribui para problemas como Síndrome de Burnout, ansiedade e depressão. 

Portanto, procure fazer atividades que goste para que elas sejam sua válvula de escape. Por exemplo, ler um livro, praticar esportes, reunir a família e amigos, entre outras.

4. Esteja aberto a novas oportunidades

Quando se está aberto a novas oportunidades, os desafios servirão como motivação e, consequentemente, chegarão mais leves. Para isso, é preciso ter positividade e confiança para encarar as dificuldades como uma chance de desenvolvimento.

A resiliência é uma característica fundamental para quem deseja se desenvolver no mercado de trabalho. Isso porque, em qualquer empresa, os desafios estão presentes e devem ser enfrentados.

Agora, você já sabe o que é resiliência profissional, qual a sua importância para o mercado de trabalho e como desenvolvê-la. Que tal conferir 9 dicas para aumentar a sua produtividade?

Compartilhe com seus amigos
Skip to content