fbpx

Estilos de aprendizagem: você já conhece o seu?

Estilos de aprendizagem: livros, cadernos, óculos e lápis em cima de uma mesa amarela.

Aprender de maneira eficaz é uma habilidade essencial para qualquer estudante, mas você sabia que existem diferentes estilos de aprendizagem? Entender como você aprende melhora sua compreensão e retenção de informações.

Por isso, saiba como identificar o seu para otimizar o seu plano de estudos e garantir os benefícios de aprender de forma eficiente. Continue a leitura!

O que são estilos de aprendizagem

Os estilos de aprendizagem se referem às maneiras pelas quais os indivíduos processam, assimilam e aplicam informações. Existem vários modelos que tentam categorizar os formatos de estudo, sendo dois dos mais conhecidos: o VARK e o Kolb.

Ambos ajudam a identificar as preferências de aprendizagem de um indivíduo e orientar a seleção de métodos e estratégias de estudo mais adequados para o seu perfil.

Estilos de aprendizagem: modelo VARK

O modelo VARK é um dos formatos mais conhecidos para descrever os estilos de aprendizagem. Ele divide a aprendizagem em categorias como: visual, auditiva e cinestésica.

Visual

Pessoas com estilo de aprendizagem visual preferem aprender por meio de imagens, gráficos e diagramas. Além disso, elas costumam ter habilidade em identificar padrões e tendem a ser mais criativas em suas abordagens de aprendizagem.

Auditiva

Já estudantes com características auditivas aprendem melhor por meio de palestras, discussões e conversas.

Dessa forma, têm facilidade em lembrar informações que ouvem e tendem a ser muito expressivos verbalmente. Portanto, garantem boas notas em testes orais.

Cinestésica

O estilo cinestésico é caracterizado pela aprendizagem a partir da experiência prática e do movimento. Portanto, pessoas que se enquadram nessa categoria costumam lembrar das informações a partir do que realizam no dia a dia, evitando longos períodos em inatividade.

Estilos de aprendizagem: método de Kolb

O método Kolb surgiu em 1979 e apresenta quatro fases do processo de aprendizagem:

  • experiência concreta;
  • observação reflexiva;
  • conceituação abstrata;
  • experimentação ativa.

Experiência concreta

A etapa de experiência concreta é caracterizada pela aprendizagem direta. As pessoas que preferem esse estilo gostam de se envolver em atividades práticas e experimentar coisas novas. Portanto, aprendem fazendo e tendem a ser muito ativas em sala de aula.

Observação reflexiva

Já a etapa de observação reflexiva é caracterizada pela aprendizagem por meio da reflexão. Estudantes adeptos a esse formato gostam de pensar sobre suas experiências e sobre o que aprenderam.

Além disso, costumam ser mais introvertidos e podem ter dificuldade em compartilhar suas opiniões com outras pessoas.

Conceituação abstrata

A etapa de conceituação abstrata é caracterizada pelo aprendizado a partir da análise de ideias. Quem prefere esse estilo de aprendizagem busca analisar conceitos e entender as conexões entre eles.

Experimentação ativa

Por último, a etapa de experimentação ativa é caracterizada pela aprendizagem por meio da experimentação e resolução de problemas. Dessa forma, as pessoas que se enquadram nesse formato gostam de experimentar novas ideias e teorias na prática.

Benefícios de conhecer seu estilo de aprendizagem

Conhecer seu estilo de aprendizagem traz muitos benefícios. Afinal, quando você sabe como aprende melhor, pode escolher os métodos de estudo que são mais eficazes, aumentando sua eficiência e produtividade.

Além disso, você consegue melhorar a sua comunicação, especialmente com professores, permitindo que expresse suas necessidades e receba orientação personalizada.

Como identificar seu estilo de aprendizagem

Identificar seu estilo de aprendizagem é uma tarefa que requer auto-observação e experimentação. Muita vezes, essa análise também inclui aspectos da sua vocação profissional. Portanto, comece analisando seus hábitos de estudo e perceba se prefere alguma atividade em especial, como:

  • ler;
  • ouvir;
  • fazer exercícios práticos;
  • assistir vídeos;
  • usar imagens.

Além disso, experimente diferentes métodos de estudo e verifique qual deles é mais eficaz para você. A chave é se abrir às possibilidades e testar diferentes abordagens, observando qual delas se adequa melhor às necessidades identificadas.

Gostou do conteúdo sobre estilos de aprendizagem? Então, siga as redes sociais da FABAD e tenha acesso a outros materiais imperdíveis. Estamos no Facebook, LinkedIn, Instagram e YouTube!

Compartilhe com seus amigos
Pular para o conteúdo