fbpx

Como estabelecer prioridades para organizar trabalho e estudos

Imagine precisar lidar com pendências importantes no trabalho e colocar os estudos e atividades curriculares em dia. Parece desafiador, mas é a realidade de quem está empregado e decide entrar na universidade para a primeira ou segunda graduação.

Em casos de alta demanda profissional e pessoal, saber como estabelecer prioridades na organização diária é crucial, ajudando a garantir o cumprimento de todas as tarefas e aumentar o rendimento diário.

Confira em nosso conteúdo algumas dicas que vão ajudar a elencar prioridades. Acompanhe a leitura!

Aprenda a diferenciar urgente e importante

A primeira dica sobre como estabelecer prioridades é diferenciar atividades urgentes de atividades importantes. Existe uma regra simples para isso: urgente é tudo aquilo que tem um prazo curto para ser finalizado, como 48 horas, enquanto importantes são tarefas que requerem atenção, porém têm um prazo maior, como três a sete dias.

As obrigações com datas superiores a uma semana entram na lista das atividades regulares. Assim, é possível identificar quais demandas se enquadram em cada categoria, dando prioridade para as que são urgentes.

Ao adotar um sistema de categorização, você percebe como é fácil organizar os afazeres, cumprir com as entregas programadas e não acumular obrigações.

Use um planner para se organizar

A segunda dica de como estabelecer prioridades é utilizar um planner para organizar os próximos passos. O formato de agenda pode ser encontrado em diferentes modelos:

  • diário;
  • semanal;
  • quinzenal;
  • mensal;
  • bimestral.

A ideia da divisão por período fixo de tempo não é sem motivo. Ela permite que você monte diariamente fluxos que facilitam a organização de atividades urgentes, importantes e regulares, como:

  • listas;
  • cronogramas;
  • fluxogramas;
  • quadros;
  • tabelas;
  • painéis de checagem.

Assim, você tem como avaliar os horários disponíveis para cada responsabilidade, acompanhando a evolução de cada uma.

Escolha um método de trabalho

Para organizar a rotina com eficiência, é essencial ter um método de atuação em relação às atividades para garantir um bom rendimento.

Há quem seja produtivo quando divide o trabalho em ciclos de uma hora cada, com intervalos de 30 minutos entre eles. Outros preferem seguir direto por três ou quatro horas sem pausas.

Algumas pessoas optam por trabalhar em circuitos menores, de 30 a 45 minutos, pois sentem que a concentração é melhor. Portanto, é necessário autoconhecimento para saber o que funciona para cada realidade de trabalho e estudo.

Análise o tempo disponível

Diariamente, avalie o tempo disponível para cada demanda e o horário livre entre elas. Imagine que você trabalha oito horas diárias organizadas de forma que as seis primeiras sejam destinadas às tarefas urgentes e importantes. Ainda há 120 minutos sem compromisso.

É interessante reservar um período para descanso, utilizando o que sobrar para adiantar outras atividades sem prazo definido. Assim, os próximos dias da semana tendem a ser mais livres.

Agende quando não souber como estabelecer prioridades

Outra ação essencial quando há dúvidas sobre como estabelecer prioridades, é se acostumar a agendar tarefas. É uma prática que se encaixa com a rotina de estudos da faculdade de dois ou quatro anos.

Desde o início do semestre, você tem acesso ao calendário do curso, possibilitando a visualização de demandas importantes, como:

  • semana de avaliações;
  • seminários;
  • entregas de trabalho.

Portanto, você tem base concreta para se antecipar e planejar os dias com atividades essenciais para o plano acadêmico, como:

  • estudos;
  • exercícios;
  • leitura;
  • pesquisa acadêmica.

Com planejamento, é possível utilizar os fins de semana e feriados, separando uma ou duas horas por dia, para realizar as atividades com datas previstas, evitando comprometer os dias úteis da semana.

Não acumule responsabilidades desnecessárias

Não acumular responsabilidades desnecessárias é uma das dicas essenciais para entender como estabelecer prioridades. Saiba dizer não quando é preciso, reconhecendo que você está no limite do seu tempo.

Não é o seu papel resolver todos os problemas que surgem no trabalho ou faculdade. Sobrecarregar-se não é sinônimo de produtividade ou mesmo proatividade, mas é indício de:

  • desorganização;
  • falta de planejamento;
  • pouco descanso.

Ao assumir múltiplas obrigações, você aumenta as cobranças e críticas, além de correr o risco de não entregar tarefas urgentes e importantes, trazendo consequências para a vida pessoal e profissional.

É essencial entender como estabelecer prioridades para uma rotina organizada e produtiva. Analise se vale a pena ter responsabilidades extras e decida se pode contribuir ou não.

Siga as orientações e dicas compartilhadas no conteúdo para mudar a forma de assumir e realizar novas atividades, categorizando a relevância delas e organizando a produção de cada uma.

Aproveite e siga as redes sociais Instagram, Facebook, YouTube e LinkedIn para conferir como avançar nos seus estudos!

Compartilhe com seus amigos
Pular para o conteúdo