Atividades Complementares

1.    O que é uma atividade complementar? 
Como o próprio nome diz, atividades complementares têm por objetivo complementar, flexibilizar e promover a formação interdisciplinar do aluno com atividades que possibilitem a ampliação de suas competências e habilidades, assim como o estabelecimento de relações entre os diversos saberes adquiridos na vida acadêmica. Com a atividade complementar você conecta o conhecimento da sala de aula com aquilo que você vê no mercado de trabalho. 

2.    Quantas horas devo fazer de atividades complementares? 
Todo aluno de graduação, Bacharel ou Tecnólogo, deve realizar ao longo do curso, pelo menos 200h (duzentas horas) de atividades complementares. Essas atividades são distribuídas em cinco categorias: 

  • Acadêmica e Treinamento e Desenvolvimento Empresarial; 
  • Profissional; 
  • Cultural; 
  • Comunitária e Filantrópica; 
  • Iniciação Científica. 

No regulamento de Atividades Complementares (disponível aqui) você pode verificar a carga horária por modalidade de maneira detalhada. É importante saber: O limite de carga horária aceito por atividade é de 40h (quarenta horas), mesmo que a atividade apresentada tenha carga superior – isso é necessário para que as atividades desenvolvidas pelo aluno realmente reflitam a interdisciplinaridade esperada. 

3.    Por que a FABAD exige atividades complementares? 
As atividades complementares estão previstas em lei federal (9131 de 1995), logo, fazem parte de qualquer Graduação, seja ela realizada na FABAD ou não. Para que você possa se formar e obter o diploma, você precisa cumprir todas as 200 horas além de concluir as disciplinas do curso. 

4.    O que posso apresentar como atividade complementar? 
Cursos rápidos, sejam presenciais ou online e que de alguma forma enriqueçam sua formação, atividades culturais como peças teatrais, palestras, extensões universitárias, serviços voluntários e cursos de idioma também são algumas das opções que podem ser apresentadas. É importante observar os itens listados aqui, assim como seguir todas as orientações do Regulamento de Atividades Complementares. Em caso de dúvidas você pode enviar um e-mail para [email protected] relatando sua dúvida. 

 5.    Como eu registro minha atividade complementar? 
Você deve enviar suas atividades via portal do Aluno, através do link “Requerimento”. Para que seja aceita, o comprovante de realização da atividade deve conter as seguintes informações: 

  • Nome da instituição onde a atividade foi realizada;
  • Nome da atividade ou sua descrição;  
  • Período ou data de realização; Carga horária; 
  • Assinatura e / ou carimbo (mesmo que digitais) do responsável pelas informações.

É importante que as atividades sejam realizadas, concluídas e inseridas no sistema entre o primeiro e o último semestre da sua graduação. 

6.    Qual o prazo para registrar minha atividade complementar? 
O prazo para registrar as atividades complementares está descrito no calendário acadêmico, publicado pela Faculdade no início de cada semestre. Expirado esse prazo, as atividades só poderão ser registradas no próximo semestre letivo e enquanto você for aluno devidamente matriculado. 

 7.    Atividades desenvolvidas em outros países podem ser aceitas? 
Sim, as atividades desenvolvidas em outros países podem ser aceitas desde que o comprovante de realização emitido esteja dentro das orientações descritas acima e sejam inseridas em sistema no idioma português. 

Atendimento Núcleo de Atividades Complementares

Tamanho de Fonte
Alto Contraste